sexta-feira, 4 de junho de 2010

Cinema Paradiso!


Todas as vezes que venho postar no blog, me sinto extremamente tentada a postar sobre cinema.
Talvez toda essa inclinação de falar sobre a sétima arte seja devido o fato de que hoje em dia não se faz mais filmes como antigamente.
A obra prima da qual quero dividir hoje com vocês é um filme italiano do ano de 1988 em que Giuseppe Tornatore realizou o sonho de um grande número de cineastas ao produzir com seu "Cinema Paradiso" uma verdadeira declaração de amor. Não se trata de mais um filme romântico bem-sucedido, nem tampouco de um clássico do porte de "Casablanca" em que Ingrid Bergman e Humprey Bogart imortalizaram o Marrocos e nos deixaram enternecidos em função de seu romance. Tornatore notabilizou-se por ter feito um filme que sacramenta a paixão que os cineastas sentem por seu objeto de trabalho, pela essência de seu cotidiano, pela arte que brota através das câmeras em celulóides, por aquilo que nos permite vivenciar e fantasiar emoções ao redor do mundo todo, o cinema.
Acho que é toda essa paixão mostrada no filme que me fascina! Que o exemplo da persistência de Totó nos anime. Que o amor pelo cinema mostrado em "Cinema Paradiso" seja uma luz a nos guiar para a realização dos nossos desejos! Assista e emocione-se!

Sinopse do filme:

Salvatore di Vita é um cineasta bem-sucedido que vive em Roma. Um dia ele recebe um telefonema de sua mãe

avisando que Alfredo está morto. A menção deste nome traz lembranças de sua infância e, principalmente, do Cinema Paradiso, para onde Salvatore, então chamado de Totó, fugia sempre que podia, e fazia companhia a Alfredo, o projecionista. Foi ali que Totó aprendeu a amar o cinema.

Após um caso de amor frustrado com Elena, a filha do banqueiro da cidade, Totó deixa a cidade e vai para Roma, retornando somente trinta anos depois, por causa da morte de Alfredo.

:)

Um comentário:

  1. Oi Ana!!! Conforme prometi, estou aqui visitando seu blog! E sério, a-do-rei. De verdade. Achei que eu era uma viciada em filmes, mas vc ganhou total de mim! Adorei seus textos, vc escreve muitíssimo bem! E só pra constar: AMO a Amelie Poulain! É um filme maravilhoso, é meu xodózinho, junto com Moulin Rouge! Até esses dias pra trás tava com o poster do filme no meu blog, mas tava em baixa resolução, resolvi tirar! Mas enfim, parabéns! Vc tem twitter? Msn? Entra lá no meu blog pra gente se comunicar! www.sufledecanela.blogspot.com! Beijoss

    ResponderExcluir