sábado, 29 de janeiro de 2011

A Rede Social



Ambição, inteligência e um pouco de sorte são os principais componentes para a criação do Facebook, pelo menos é isso que se vê em A Rede Social.
O filme é baseado no livro Bilionários por Acaso, de Ben Mezrich, e mostra como a ambição de Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg) o levou a criar a maior rede social da Internet.
Segundo o filme, Zuckerberg criou o Facemash, um site que comparava as fotos de universitárias em que as pessoas as classificariam em "hot or not". Isso fez com que ele fosse advertido pela Universidade, mas lhe deu visibilidade para que os irmãos Winklevoss (Armie Hammer) o convidasse para criar um site de relacionamento em que só participariam alunos de Harvard. Mark Zuckerberg consegue algum dinheiro de seu amigo Eduardo Saverin (Andrew Garfield) e o nomeia diretor financeiro do Facebook.
Mas o grande destaque do longa é Justin Timberlake que interpreta Sean Parker o fundador do Napster. É ele quem mostra o potencial do novo negócio que está surgindo. Ao mesmo tempo ele toma o espaço de Saverin. Fica a impressão que Saverin é a vítima da história e que Zuckerberg e Parker os vilões.
A direção de David Fincher mostra o enredo de maneira alternada entre acordos com advogados e fatos passados, o que deixa A Rede Social, ágil afinal são 122 minutos que passam rápido.
Fui assistir o filme motivada por críticas muito favoráveis e algumas que até apontavam A Rede Social como o melhor filme de 2010. Um bom filme, com boa direção, mas longe de ser o melhor do ano passado.

Um comentário:

  1. Acho que posso comentar!!!

    A REDE SOCIAL torna-se intrigante pelo fato de tratar-se de um cenário real!!! Caso contrário, o filme poderia ser classificado como monótono.
    L.L

    ResponderExcluir